Governo registra mais 51 agrotóxicos; no ano, 262 já foram autorizados

Por , em Política BSB dia . Salvo na tag: ,

O governo federal publicou, nesta segunda-feira (22), o registro de 51 defensivos agrícolas para as lavouras brasileiras no Diário Oficial da União (DOU). Com isso, chega a 262 o número de agrotóxicos aprovados desde o início deste ano, e outros dois mil estão na fila de espera.

Entre os 51 novos agrotóxicos, quase um terço é de uso exclusivo da Indústria. O restante é destinado aos produtores, que devem apresentar receituário agronômico no ato da compra. Além disso, 44 são produtos equivalentes, o que significa que são genéricos de princípios ativos que já foram autorizados no Brasil.

Outros seis agroquímicos com o ingrediente ativo sul foxa flor têm restrições de uso estabelecidas pelo Ibama para evitar riscos para insetos polinizadores como, por exemplo, as abelhas. Os produtores não poderão usar o produto em período de floração e terão dosagens máximas e distâncias mínimas de aplicação.

De acordo com o Ministério da Agricultura, o objetivo da autorização desses 51 produtos é disponibilizar alternativas mais eficientes e com menor impacto ao meio ambiente e à saúde humana. A aprovação dos genéricos foi feita pelo governo para promover a concorrência no mercado e ajudar a baixar o custo de produção.

Os dois mil que ainda estão na fila da aprovação devem passar por análises da pasta a quanto à eficiência agronômica, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre o impacto para a saúde humana e pelo Ibama, que analisa os impactos ao meio ambiente.