PRF flagra 15 condutores embriagados durante o fim de semana no DF

Os policiais prenderam quatro pessoas por apresentarem índice de alcoolemia considerado crime pela lei brasileira

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagraram 15 condutores embriagados nas rodovias do Distrito Federal durante o fim de semana. Desses, quatro  foram presos por apresentar índices acima de 0,3 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões. Em um dos casos, o teste do bafômetro indicou 1,24mg/l.
Este mês, a PRF divulgou que o número de motoristas flagrados sob efeito de álcool cresceu na capital. Mesmo em meio à campanha Maio Amarelo, 86 condutores foram autuados por desrespeito à lei seca nas rodovias que cortam a capital. O resultado é 32,3% maior em relação ao período do ano passado, quando houve 65 ocorrências.
Além disso, durante o período, os agentes registraram cerca de 5 mil infrações. A maioria (314) foi por ultrapassagem indevida. As outras autuações de destaque foram aplicadas para pessoas sem cinto de segurança (124) e crianças sendo transportadas sem o equipamento de proteção— cadeirinha ou bebê conforto (44).
Em 2018, embriaguez ao voltando foi a segunda causa de acidente nas rodovias que cortam o DF e o Entorno. Quem for flagrado dirigindo sob efeito de álcool comete infração gravíssima, perde sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), recebe uma multa de R$ 2,9 mil e pode ter o direito de dirigir suspenso por um ano. Quem comete o crime de alcoolemia ao volante, além de ser punido administrativa, responde a processo na Justiça.
Publicações Recomendadas